Essai de Résistance

terça-feira, outubro 24, 2006

numa madrugada dolorida e desesperada, numa loucura insana de minha mente, sempre a compartilhar... Minha rara.


Abraço amigo,nosso tempo, te acompanho regando nossa estádia. Tão pequenas e assustadas a esse abrigo em turbulência. Em alerta, procurando a razão para tudo isso, cabeças erguidas, conosco à palavra orgulho que nos fora imposta, nos convencendo de verdades inexistentes, razões invisíveis e atos infalíveis.
Ó mundinho minha cara, nas inquisições verdadeiras abraçamos nos recolhendo ao silêncio que nos impusemos.
Nascemos para paira.minha cara...........




: de rara

4 Comments:

Anonymous  said...

Hei minha cara nada como verdades,o tempo nos reconstruiu com mto mais força...

9:22 AM  
Anonymous Anônimo said...

tá linda linda...sensacional!
fiquei besta e ocupando o lugar de outra...maaaaaaaaaaaasss...

cuide-se
beijutchau

11:44 AM  
Anonymous Anônimo said...

É nessas horas que a mente nos traz surpresas..na calada da madruga..e digerir tudo! Nesse momento.."numa loucura insana de minha mente..sempre a compartilhar"..identifiquei..
Muito Bom..
Dani

8:32 AM  
Anonymous Anônimo said...

enfim...a foto diz tudo!!
Lindas
Danisquaid

8:34 AM  

Postar um comentário

<< Home