Essai de Résistance

terça-feira, outubro 10, 2006

I need so much but I know that I don't go again




Fazendo trilhões de coisas e com mais uma a fazer, tá difícil.
Correria insana para apenas o meu incenso.
Aquele sem janela aberta, sem livro nas mãos e sem a luz da lua.
A vida se transforma tão rapidamente que geralmente nem percebem.
Entendo.
Pelo contrário, eu, pra variar, tenho valor aos mínimos, aos menores, aos mais escondidos e às vezes até aos feinhos... detalhes.
Afinal, eu participo. Sempre.
Pode não ser esta e nem aquela, mas porquê querer saber qual é não é?
Ahh, nem tudo tem porquê, e é tão mais fácil sem ele.
Sei que estou ficando um pouco surda, às vezes vou falar e não saí.
Será que estou dormindo e sonhando e acho que estou aqui!?
Ow God! Afinal... hoje eu sonhei que entrei num filme de terror de vampiros.
Quem quer me sulgar aí? Ahn? Hein?
Dormir!
Dormir !
Dormir !

é pra rir tá.

4 Comments:

Anonymous Anônimo said...

chega de moralismo, vou viver MINHA vida!!!

6:27 PM  
Anonymous Diogo said...

VIVA A SUA MANEIRA NÃO PERCA A ESTRIBEIRA SAIBA DO TEU VALOR... E AMANHEÇA BRILHANDO MAIS FORTE...
Beijo com carinho
Diogo Pajé

8:41 AM  
Anonymous Gbl... said...

O incenso não tinha muito, deixou apenas cinzas, mas cumpriu seu papel e te embalou com seu suave perfume... a vida é isso, fazermos nossa parte para sermos plenos...Quando não deixamos nada por fazer, nos resta tempo para sermos o que somos, sonhar e viver

5:30 PM  
Anonymous Anônimo said...

Ha me esqueci... e voltei só para dizer que a sua pergunta~final ñ é quem te quer mas sim quem vc quer...

5:32 PM  

Postar um comentário

<< Home